A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. O que são cookies

ACEITAR COOKIES
Tendências | Inteligência Artificial, acelerador do setor automóvel

A colaboração entre construtores automóveis, fabricantes de peças e empresas de tecnologia é fundamental, pois o mercado será impulsionado pela mobilidade partilhada, serviços de conectividade e atualizações de funcionalidades.  

 

O que já acontece hoje? Uma crescente colaboração entre a Apple e a Google em mais de 200 modelos de automóveis. Por outro lado, a Bosch e a Continental colaboram com vários fornecedores na nuvem e com fabricantes de dispositivos que disponibilizam serviços nas viaturas. O futuro está nos dados e o automóvel é um dispositivo.

 

Dr. Rolf Bulander, Presidente da Mobilidade da Bosch GmbH, diz: "A Bosch permitirá que qualquer fornecedor de serviços, como a Apple, a Amazon, a Microsoft ou a SAP, crie aplicativos em cima da nossa arquitetura na nuvem". Ele acrescenta que o futuro - uma era de partilha de dados - exigirá a convergência de sensores.

 

Não é de admirar que a Tesla tenha uma capitalização de mercado maior do que a General Motors hoje. A Tesla não depende de um ecossistema baseado no concessionário para trabalhar os dados e atualizar software nas viaturas.

 

 A Bosch e a Continental continuarão a fazer parte da fotografia porque o automóvel continuará a necessitar de peças mecânicas, como direcções elétricas ou amortecedores.

 

O futuro passa pela consciência de um novo ecossistema, onde os veículos comunicam/colaboram com cidades inteligentes e diferentes operadores de retalho para servir o condutor. Esta nova tecnologia assente em computação na nuvem ajuda a desenvolver novos modelos de negocio colaborativos, onde são necessários diversos players de TI para integrar  todos estes serviços.

 

Fonte - AutoFacets - A Gateway NINtec company
Autora - Vishal Krishna