A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. O que são cookies

ACEITAR COOKIES

Impacto da mobilidade nas cidades e negócios auto

Mobilidade

Saber Mais

Os dados são evidentes: entram na cidade de Lisboa 370 mil veículos todos os dias, de acordo com o mais recente estudo da Câmara Municipal de Lisboa, divulgado pelo semanário Expresso.

 

O automóvel continua a ser o meio de transporte mais utilizado nas deslocações dentro da zona da Grande Lisboa (56,3%) - segundo um inquérito à mobilidade realizado pelo INE, com uma ocupação média de 1,6 pessoas no caso de Lisboa e uma duração média de 24 minutos por trajeto.  

 

Como reduzir a utilização do automóvel nas deslocações dentro das grandes áreas urbanas?
 

O incentivo à utilização de transportes públicos e as soluções de mobilidade partilhada têm sido a grande aposta dos municípios, empenhados em implementar medidas que promovam a mobilidade sustentada, com consequências claras do ponto de vista ambiental e da qualidade de vida do cidadão.

 

Meios de Transporte

 

 

O impacto da mobilidade nas grandes cidades

 

A redução nos preços dos passes sociais na Área Metropolitana de Lisboa, que entrou em vigor a 1 de abril de 2019, teve um impacto substancial na procura de transportes públicos.

 

De acordo com Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade e Segurança da Câmara Municipal de Lisboa, o impacto desta medida pode retirar 42 mil veículos da cidade, em que o espaço libertado equivale a 230 quilómetros de fila.

 

E esta medida será suficiente para resolver os problemas de mobilidade de uma cidade como Lisboa? Para Diogo Santos, consultor da Deloitte, é importante a oferta de um serviço integrado, com soluções de mobilidade partilhada, para incrementar a experiência dos utilizadores nas grandes cidades.

 

Em declarações à TIPS 4Y, Diogo Santos explicou esta ideia com mais detalhe: “Os estudos indicam que a utilização do transporte público é limitada pela dificuldade que as pessoas têm em aceder da sua residência até às estações do Metropolitano ou paragens de autocarro”. O consultor da Deloitte destaca que a resolução do problema do “first and last-mile” é um dos maiores desafios das cidades para conseguirem reduzir o peso dos automóveis.

 

Ao permitir utilizar novas formas de transporte – bicicletas, trotinetes, carsharing ou motosharing –, as soluções de mobilidade partilhada promovem maior flexibilidade em locais que o transporte público clássico não consegue assegurar. Desta forma, resolvem a primeira ou a última etapa do trajeto e conseguem canalizar mais pessoas para a utilização do transporte público.

 

 

Desafios da mobilidade no pós-venda automóvel

 

Como se deve posicionar o mercado de pós-venda automóvel perante esta realidade? O futuro do parque automóvel será necessariamente mais conectado, mais elétrico, com uma grande componente de condução autónoma e com uma percentagem crescente de veículos detidos pelas empresas de mobilidade partilhada.

 

Os serviços de pós-venda automóvel têm de se adaptar às novas tendências de mobilidade, encontrando novas oportunidades na proposta de valor para o novo perfil de condutor, na digitalização de processos que promovam transparência e agilidade.

 

Para ultrapassar os desafios que o futuro parque automóvel impõe, as oficinas têm de digitalizar os seus negócios. As oficinas ligadas em rede, que trabalhem a manutenção preditiva com base na excelência da informação técnica, de manutenção e reparação - combinada com os dados auto extraídos do veículo - serão as oficinas capazes de garantir uma diferenciação em nível de serviço e de crescimento de negócio.

 

Será também uma oportunidade para escalar negócio, tendo em conta que os veículos são cada vez mais propriedade das empresas, onde os operadores do pós-venda automóvel podem preveligiar a gestão de manutenção de frotas e a oferta soluções de mobilidade integradas.

 

Mobilidade . 17 out. 2019

Subscreva o Blog Tips 4Y

Não perca nenhum dos nossos artigos! Subscreva a nossa newsletter e tenha acesso a informação valiosa sobre viagens, dados e tecnologia.

Artigos Relacionados

Os desafios que as novas formas de mobilidade estão a colocar ao rent a car

Os serviços de rent a car foram obrigados a evoluir para acompanhar as novas tendências de mobilidade. Conheça os desafios colocados a estas empresas

Saber Mais

Projeto IPBike - bicicletas elétricas para a comunidade académica

As bicicletas elétricas invadiram o espaço académico de Bragança e prometem incentivar a comunidade a adotar hábitos mais sustentáveis de mobilidade.

Saber Mais

O potencial da China no mercado de carros elétricos

A China está a dominar o mercado de carros elétricos. Conheça os fatores determinantes desta liderança no maior mercado automóvel mundial.

Saber Mais

subscrever  blog