A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. O que são cookies

ACEITAR COOKIES

Smart City: O futuro da mobilidade nas cidades

Mobilidade

Saber Mais

Quando imaginamos as cidades do futuro tendencialmente imaginamos complexidade tecnológica mas na realidade o esforço está centrado nas pessoas e na melhoria da sua relação com o espaço. Será um cenário dominado por espaços verdes, bicicletas e transportes públicos, em que a utilização de automóveis particulares passa a ser a alternativa e não a primeira opção de mobilidade.

 

Na smart city de Songdo, na Coreia do Sul, este cenário já é uma realidade. Conhecida como “cidade ubíqua” devido ao controlo omnipresente, a cidade sul-coreana foi projetada de raiz em 2002 para ser uma smart city, apostando em diversas soluções de mobilidade que representam também uma responsabilidade perante as alterações climáticas e pelo crescimento da população urbana.

 

Segundo Rosário Macário, professora e investigadora em Transportes no Instituto Superior Técnico, “as cidades planeadas [para serem smart cities] dificilmente são comparáveis com as cidades que cresceram naturalmente”. Neste caso, o principal desafio é olhar para cidades como Songdo e encontrar inspiração que leve à criação de soluções inovadoras adaptadas aos sub-sistemas existentes.

 

 

Os 3 critérios que definem o conceito de smart city

 

Que critérios deve respeitar uma cidade para ser considerada, então, uma smart city? Segundo Rosário Macário, especialista e consultora da área dos transportes, ainda não existe uma definição fechada do conceito smart city. Em muitos países, as cidades inteligentes são pensadas com o objetivo de criar soluções de sustentabilidade e bem-estar para as populações, tendo sobretudo por base o acesso à tecnologia de gestão de dados. Por outro lado, há locais onde existe uma visão mais redutora do conceito, baseada em cidades conectadas onde a otimização das diversas funções é feita através da transferência de informação em tempo real.

 

Não havendo consenso, há alguns pontos indiscutíveis quando se fala de smart cities. Como explica Rosário Macário, comum a todas as definições é a agregação de três elementos:

 

  1. a internet das coisas
  2. a utilização de big data
  3. o planeamento e gestão com métricas objetivas

 

 

Mobility as a Service: um novo conceito de mobilidade

 

Baseado numa oferta cada vez mais diversificada de mobilidade, o conceito de Mobility as a Service (MaaS) veio combinar  todos os modos de transporte - público, privado e partilhado - para sugerir ao utilizador qual o melhor trajeto e solução de mobilidade em cada necessidade de viagem. E no final, o importante é que a escolha é feita pelo utilizador.

 

Diversas soluções baseadas no conceito MaaS já estão disponíveis em aplicações que se instalam no smartphone e se adequam a um perfil de utilizador cada vez mais digital. “As pessoas já não querem ser donas da sua própria casa ou do seu próprio carro”, explica Scott Shepard, diretor comercial da Free2Move, uma empresa que nasceu no seio do Grupo PSA para desenvolver soluções de MaaS. Em Lisboa, por exemplo, estas plataformas são casos de sucesso e já é possível ver carros, scooters e trotinetes de diferentes operadores numa única aplicação.

 

Com o desenvolvimento destas novas soluções de mobilidade, integradas no conceito de smart city, já é mais fácil projetar o parque automóvel do futuro. Perspetivando as cidades do futuro, Rosário Macário refere que o parque automóvel vai ser largamente dominado pelos serviços de mobilidade partilhada, pelos veículos elétricos e, progressivamente, pelos veículos autónomos. Em mente estará sempre o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas, num mundo mais sustentável e amigo do ambiente.

 

 

 

Mobilidade . 31 jul. 2019

Subscreva o Blog Tips 4Y

Não perca nenhum dos nossos artigos! Subscreva a nossa newsletter e tenha acesso a informação valiosa sobre viagens, dados e tecnologia.

Artigos Relacionados

O potencial da China no mercado de carros elétricos

A China está a dominar o mercado de carros elétricos. Conheça os fatores determinantes desta liderança no maior mercado automóvel mundial.

Saber Mais

A solução de Mobility as a Service da Free2Move

A solução da Free2Move aposta na mobilidade de veículos partilhados, aplicando o conceito de mobility as a service (MAAS).

Saber Mais

Veniam - mobilidade inteligente na ligação de veículos à internet

A Veniam é uma empresa portuguesa, de base tecnológica, que se está a afirmar globalmente no futuro da mobilidade.

Saber Mais

subscrever  blog