A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. O que são cookies

ACEITAR COOKIES

Como fidelizar clientes com a telemática na reparação automóvel?

Tecnologia

Oficinas fidelizam mais clientes com a utilização da telemática

Saber Mais

O tempo de imobilização de um veículo é um dos fatores mais críticos na manutenção automóvel. Conseguir dar uma resposta rápida aos clientes tornou-se, por isso, um imperativo no processo de reparação automóvel. Este é um dos grandes desafios das oficinas auto e é aqui que a tecnologia e os dados automóveis podem ser um aliado: ao apostar nas soluções baseadas em telemática, garantem a valorização dos serviços oficinais. Como?

 

 

As vantagens da telemática no processo de reparação automóvel

 

“Os dados são a matéria-prima do século XXI”, referem Tim Berners-Lee e Nigel Shadbolt. Muitos dos dispositivos que utilizamos todos os dias recolhem os nossos dados para os transmitirem aos fabricantes e a outras empresas – desde que exista consentimento. Isto é possível, por exemplo, em telemóveis e computadores, mas aplica-se também aos veículos que conduzimos todos os dias. 

 

É isso que faz a telemática aplicada ao universo automóvel, recolhe os dados de um veículo e envia-os automaticamente para um dispositivo para serem processados. Atualmente, os construtores dispõem de vantagem competitiva no acesso a esta informação, devido aos seus sistemas de telemática internos. Porém, as oficinas de reparação automóvel independentes também podem aceder aos dados, através de dispositivos OBD que permanecem ligados nas interfaces próprias dos veículos dos clientes.

 

Qualquer veículo pode ser equipado com um dispositivo OBD, desde que exista o consentimento do cliente. Isto gera inúmeras oportunidades para as oficinas independentes, sobretudo se tivermos em conta que a idade média do parque automóvel português é superior a 12 anos em 2018, segundo dados da ACAP. Este número é importante porque as fichas OBD passaram a ser incorporadas nos veículos europeus a partir de  2001 (gasolina) e 2003 (diesel). Mais de 62% dos veículos têm possibilidade de estarem conectados a dispositivos de telemática. 

Dê-nos a sua opinião

 

Contudo, esta não é a única vantagem para as oficinas independentes de reparação automóvel. Estes dispositivos de dados de telemática permitem ainda:

 

  • Aceder a todos os dados do veículo assim que o mesmo chega à oficina;
  • Antecipar problemas que imobilizariam totalmente os veículos;
  • Diminuir a possibilidade de erros de análise no processo de reparação;
  • Criar valor acrescentado no atendimento ao cliente;
  • Fidelizar e proporcionar satisfação aos clientes já existentes.

 

No processo de fidelização dos clientes, além do acesso a dados dos veículos através de um dispositivo OBD, torna-se importante as oficinas de reparação automóvel simplificarem processos e aproximarem os negócios dos consumidores finais. Para tal, aliar a telemática a soluções de dados auto é fundamental para criar uma relação win-win que beneficia toda a cadeia do pós-venda automóvel e que melhora a qualidade dos serviços prestados ao cliente.

 

 

Tecnologia . 26 fev. 2020

Subscreva o Blog Tips 4Y

N�o perca nenhum dos nossos artigos! Subscreva a nossa newsletter e tenha acesso a informa��o valiosa sobre viagens, dados e tecnologia.

Artigos Relacionados

A tecnologia 5G aplicada à mobilidade automóvel

Veículos a comunicar entre si e a interpretar informações do meio envolvente já é uma realidade. Conheça as vantagens da implementação da tecnologia 5G

Saber Mais

A importância da telemática para o mercado de seguros automóveis

A importância da telemática e dos dados auto é cada vez mais percecionada pelo mercado de seguros. Saiba quais as potencialidades desta tecnologia.

Saber Mais

Bosch: A tecnologia das peças automóveis aliada ao futuro da mobilidade

A Bosch pretende desafiar os limites da inovação e está a desenvolver novas soluções que vão moldar a mobilidade do presente e do futuro

Saber Mais