A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. O que são cookies

ACEITAR COOKIES

Rota ao volante do SUV Opel Grandland X para descobrir sete países em sete dias

Viagens

Percurso

Viena, Áustria

Graz, Áustria

Liubliana, Eslovénia

Trieste, Itália

Portorož, Eslovénia

Pula, Croácia

Zagrebe, Croácia

Budapeste, Hungria

Bratislava, Eslováquia

Lednice, Tchéquia

Melhor �poca

Março / Abril

Dist�ncia total

7 Dias / 1800 km

Pontos de Interesse

Graz, Liubliana, Trieste, Porto Roz, Pula, Zagreb, Budapeste, Bratislava, Lednice

Grau de dificuldade

Médio / Alto

sete-paises-em-sete-dias-1
sete-paises-em-sete-dias-2
sete-paises-em-sete-dias-3
sete-paises-em-sete-dias-4
sete-paises-em-sete-dias-5

Saber Mais

Roteiro de viagem em Opel Grandland X num desafio à condução

 

Um roteiro de viagem maravilhoso para antecipar as férias da Páscoa, ao volante do espaçoso e versátil SUV Opel Grandland X. Depois de aterrar em Viena, alugue aqui o carro, será importante pedir autorização no rent-a-car para conduzir em todos os outros países, e, parta numa aventura de condução por estradas maioritariamente nacionais, pelo Sudeste da Europa, Costa Adriática e com regresso à Europa Central.

 

Nesta rota de viagem vai poder disfrutar das maravilhas de sete países, em sete dias, com o apoio de plataformas digitais de alojamento e a melhor experiência gastronómica típica com, pelo menos, uma refeição em restaurantes locais. Para realizar esta fantástica jornada de condução, escolhemos como opção para a nossa rota de viagem um SUV familiar Opel Grandland X, com motorização 1.5 Turbo Diesel de 130 cavalos. Espaçoso, confortável e com bastante robustez é o companheiro ideal para uma longa tirada de cerca de 1800 kms.

 

 

Rumo a Liubliana, com paragem em Graz

 

O ponto de partida para esta magnífica rota é a cidade de Viena, mas como já percebeu a primeira sugestão não é a capital austríaca, mas sim rumar direto a Graz, cidade Património Mundial da Unesco. Nas opções da navegação do seu Grandland coloque a indicação que quer percursos sem auto-estrada e sem portagens. Vai valer a pena, mesmo sabendo, desde já, que isso irá implicar conduzir, no mínimo, entre 250 a 300 quilómetros todos os dias. Graz é conhecida pela sua vasta cultura e uma mistura entre design clássico e moderno, patente num curto passeio pelo centro histórico da cidade. O ponto alto para os visitantes é a Torre do Relógio de Schlossberg, uma colina onde chega a pé por uma escadaria num jardim ou através de um funicular, de onde pode avistar toda a cidade. Não parta da cidade sem provar o Kaesespaetzle no Dom Camillo.

 

Na direção da Eslovénia, obrigatório passar por Waldschach, e, seguir pelas idílicas montanhas em direção a Muta, onde deverá parar para almoçar no Gostilna Pri Lipi antes de chegar a Liubliana ao entardecer. Aproveite para passear junto ao canal que atravessa a cidade, mas cedo pela manhã não deixe de visitar o castelo medieval no topo da colina, antes de rumar à costa norte italiana.

 

 

À descoberta da Costa Adriática em Trieste, Porto Roz e Pula

 

A caminho da terceira noite, este é o dia que terá menos distância para percorrer (cerca de 200 km). Trieste é uma cidade costeira italiana onde, partindo da Piazza Unità d’Italia, poderá num par de horas conhecer o antigo porto pesqueiro ou passear junto aos canais onde não faltam opções gastronómicas locais.

 

De volta à estrada, torna a entrar na Eslovénia para beber um cocktail ao pôr do sol na espetacular estância balnear de Porto Roz. No Verão nem estacionar conseguiria, mas na época da Páscoa poderá fazer uma caminhada de uma hora e desfrutar do sol na praia, mesmo que a temperatura seja algo fria nesta época.

 

Com a beleza da Costa Adriática à sua frente o término deste dia será já na Croácia, em Pula. Tente ficar fora da cidade pois não tem grande vida noturna e poderá poupar no alojamento. Acorde bem cedo e rume ao centro para explorar os vestígios romanos, presentes na Arena de Pula (construída à imagem do Coliseu de Roma) e um pouco por toda a cidade, mas acima de tudo para ir ao Fortress Kastel de onde terá uma vista fabulosa sobre os telhados da cidade e o mar.

 

A motorização do Opel Grandland X possui 300 Nm de binário o que associado a uma caixa manual de 6 velocidades são garantia de consumos abaixo de 5 litros de média, o que associado a um depósito de 60 litros lhe dará uma boa autonomia. Ainda assim pondere atestar antes de entrar na Hungria porque por lá o diesel é mais caro.

Dê-nos a sua opinião

 

 

Em rota pelo Sudeste da Europa até Budapeste

 

Zagreb é a próxima paragem. Se conseguir programar a sua viagem para coincidir a chegada com a época do Festival de Luz, não se irá arrepender do espetáculo noturno e depois descanse num Air BnB do centro que é um truque para o deixarem entrar de carro até lá. A capital da Croácia, apresenta vários edifícios monumentais e é muito fácil de percorrer a pé. Depois de visitar a catedral de Zagreb dedique-se a encontrar um mercado, no bem preservado centro histórico. Se lhe tentarem vender flores cuidado que algumas não passam na alfândega no retorno via Áustria.

 

Novamente na estrada, prepare-se para alguma neve nas montanhas, nada que impeça a normal progressão do seu Opel Grandland X, que mesmo tendo apenas tração dianteira superará os obstáculos com tranquilidade. À medida que entra na Hungria e segue rumo ao épico cenário de Balaton Lake a paisagem vai ficando mais agradável e irá ficar impressionado. Acredite que vai dar graças por não ter ido pela auto-estrada tal é a beleza deste local onde o tempo parece ter parado. Para encontrar a estrada que circunda o lago conta com a ajuda do sistema Opel Intellink de infoentretenimento com navegação em ecrã tátil (que inclui ainda o alerta de fadiga e sistema de câmara de parqueamento de 360 graus).

 

Na capital Budapeste, onde chegará de noite, se estava a pensar no romantismo de outrora a observar as margens do Danúbio, saiba que reinam as mega-festas repletas de jovens que chegaram de mochila às costas. Porém, a capital da Hungria tem uma atividade noturna muito superior à de Barcelona ou outras semelhantes. Aproveite a festa, entre no espírito e acorde mais tarde já repousado. Apenas então, siga a pé num passieo pela praça do histórico edifício do Parlamento e dê um salto ao Castelo da cidade.

 

 

Jornada final por Bratislava e República Checa

 

Programe a estadia para os apartamentos a sul da UFO Bridge, assim chamada devido a uma construção tipo OVNI que na verdade funciona como miradouro, e passe a ponte a pé. A qualidade da noite em Bratislava está no extremo oposto da última que teve e aqui irá encontrar inúmeros bares muito bem frequentados. Obrigatório na manhã dedicada ao passeio é a visita ao Teatro Nacional da Eslováquia e depois, para retemperar forças, coma um gelado artesanal no Arthur Ice Cream, arrisque na mistura de sabores!

 

Até Lednice, situada no sul da Morávia, dista apenas uma hora de caminho, conduzindo de forma tranquila, mas vale a pena arrancar cedo para poder provar um Svickova (prato típico com carne de vaca) já na República Checa e chegar a tempo de visitar o Palácio de Lednice, ícone principal desta cidade também inscrita como Património Mundial da Unesco. Dentro do palácio, lembre-se de visitar os sumptuosos jardins do exterior.

 

Aproveitando que se encontra numa zona de vinhos, propomos que antes de decidir se acaba a jornada, como previsto inicialmente, regressando ao aeroporto de Vienna (dista apenas uma hora) ou se fica a descobrir a região da Morávia alugando uma bicicleta, que passe primeiro na Pereg Winnery e faça como os locais, coloque a toalhinha no chão e desfrute do sol de inverno.

 

Na totalidade deste percurso, terá feito cerca de 1800 quilómetros passando por sete maravilhosos países em apenas sete dias. Boa viagem!

 

 

 

Links úteis

Descubra o que a Eslovénia tem para oferecer

Conheça a maior praça italiana junto ao mar da Europa

Tudo sobre a capital da Croácia

Saiba como ter uma excelente perspetiva de Budapeste

Descubra os encantos de Bratislava onde a tradição casa com a modernidade

 

 

 

Viagens . 10 fev. 2020

Subscreva o Blog Tips 4Y

N�o perca nenhum dos nossos artigos! Subscreva a nossa newsletter e tenha acesso a informa��o valiosa sobre viagens, dados e tecnologia.

sete-paises-em-sete-dias-1
sete-paises-em-sete-dias-2
sete-paises-em-sete-dias-3
sete-paises-em-sete-dias-4
sete-paises-em-sete-dias-5

Artigos Relacionados

Rota ao volante do novo Suzuky Jimny à descoberta do Estuário do Sado

Disfrute de uma fantástica rota de carro, com percurso todo-o-terreno e visita a pontos históricos importantes de fauna e flora, da Reserva Natural do Estuário do Sado

Saber Mais

Rota ao volante do novo Renault Clio à descoberta do Medronho do Algarve

A mais bela rota de carro pela região do genuíno Medronho do Algarve

Saber Mais

Rota de carro pela Transilvânia em BMW Série 4 Coupé

Uma viagem de carro pela Transilvânia, com passagem pelo Castelo do Conde Drácula, ao volante do BMW Série 4 Coupé

Saber Mais