A TIPS 4Y utiliza cookies para melhorar a navega��o. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa pol�tica de cookies. O que s�o cookies

ACEITAR COOKIES
Sim, podemos ter sucesso mesmo distantes

Nesta fase de pandemia deparamo-nos com a necessidade de reinventar os nossos processos, a nossa mentalidade e o nosso próprio negócio que, com a afluência de tanta informação sobre o Covid-19, requer um enorme esforço das empresas e das suas equipas. Mas rapidamente vamo-nos ajustando e mesmo fora da nossa zona de conforto continuamos a encontrar novas oportunidades.

 

Existem diversas ferramentas de produtividade que podem ajudar na operação diária dos negócios, porque promovem o contacto com os clientes e permitem assegurar o bom nível de serviço das nossas empresas, aumentando dinâmicas comerciais e no limite as próprias vendas.

 

Do acompanhamento que estamos a fazer sobre a realidade do setor automóvel, temos verificado uma tendência interessante na utilização de algumas destas ferramentas por parte de oficinas e empresas de distribuição, pelo que consideramos ser oportuno partilhar as que poderão vir a ser úteis nesta fase.

 

Alguns exemplos de ferramentas:

 

Ferramentas de contacto: plataformas de menssagem puras que potenciam a proximidade virtual mas também o aproveitamento da circunstância do funcionamento em tempo-real (imediato) seguindo as exigências de muitos clientes, parceiros e fornecedores.

 

Ferramentas de vídeo: permitem criar conteúdos específicos complementares aos serviços contratados, sobre os quais acrescentam ainda mais valor, como por exemplo na demonstração de produtos, serviços e partilha de boas práticas em acções muito concretas onde as dicas possam ser divulgadas de forma muito objetiva e simples.

 

Ferramentas de videoconferência: permitem alargar o leque do simples contacto pontual a sessões organizadas e dedicadas à partilha de conhecimento ou à gestão de serviços que implique o envolvimento de equipas no contexto da relação comercial entre o cliente e a marca (prestadores de serviços).

 

Assistentes virtuais: de forma a gerir solicitações e pedidos normalizados que sejam geríveis em fluxos ou serviceflows não-complexos.